Logo no seu primeiro ano, o São Carlos Futsal já conseguiu um feito inédito para São Carlos: está na final da Copa Record. O “passaporte” para a decisão foi carimbado na noite de terça-feira, 9, após vitória emocionante em cima de Brodósqui por 3 a 2, em jogo semifinal realizado no ginásio municipal de esportes Milton Olaio Filho.

A final da Copa Record será entre São Carlos Futsal e Bebedouro.

Com uma boa torcida no ginásio, o jogo entre São Carlos Futsal e Brodósqui foi marcado por muita adrenalina e emoção. “O adversário tem muita qualidade e boa parte dos jogadores são de Uberlândia. Eles valorizaram nossa vitória”, disse o técnico Renato Natella.

No primeiro tempo o time são-carlense valorizou a posse de bola e controlou o jogo. Criou inúmeras oportunidades de gol e abriu 2 a 0.

Na etapa final chegou a ampliar e quando esperada que o placar estava definido, em duas falhas do sistema defensivo, Brodósqui reagiu e diminuiu para 2 a 3.

Natella solicitou tempo para reorganizar o time. “Chamei os atletas para fazer com que eles voltassem a praticar o mesmo jogo da etapa inicial. Deu certo e passamos a ter o domínio da partida. Controlamos as ações e conseguimos manter a vitória. Acredito que foi uma bela partida e fizemos a alegria da torcida e das crianças. Conseguimos estar em uma final inédita para São Carlos e vamos em busca do título”, finalizou Natella.

Ao final da partirda, o pivô Carlinhos não escondia a satisfação pela conquista. “Nossa equipe fez uma partida brilhante nesta semifinal, um jogo de muita técnica, tática e movimentação. Estávamos focados muito para essa partida e seria muito difícil tirar essa vaga da final de nós. Os atletas se doaram ao máximo e por isso saímos com resultado positivo. Agora é pensar na final, onde tudo pode acontecer. Estamos centrados para esse jogo e espero que nossa equipe saia com o título desse campeonato”, finalizou.